[O INCRÍVEL CASO DOS
MONTANHISTAS RUSSOS]

"O INCIDENTE DO PASSO DYATLOV"


Cemitérios
OVNIs e Alien's
Principal

Até quando os governos e forças armadas deixarão de alertar a população mundial sobre a realidade sobre os misteriosos visitantes de outras galáxias que estão entre nós?




 

O fato descrito a seguir é a prova de que forças inexplicáveis e misteriosas atual em nosso mundo, deixando muitos fatos sem explicações racionais!

=================================================================================

Em 02 de fevereiro de 1959, 9 experientes montanhistas Russos se reuniram formando um grupo que deu inicio a uma Expedição, na qual ocorreria um fato que mais tarde se transformaria em um dos grandes mistérios do nosso mundo.

Esse é o mistério sobre o "Incrível Caso dos Montanhistas Russos", também conhecido como "O Incidente do Passo Dyatrov"!

A intenção dos montanhistas era a de alcançar uma montanha chamada Otorten ao norte dos Montes Urais, o grupo que era liderado pelo montanhista Igor Dyatlov, enfrentava condições climáticas severas onde a temperatura podia cair até -30º C facilmente.
Durante o dificil avanço dos alpinistas, eles se depararam com uma mudança rápida do clima e isso fez com que eles seguissem por uma rota alternativa resultando com que todos tivessem que acampar em uma montanha até então inexplorada pelo grupo chamada Kholat Syakl.


Foto de 3 dos montanhistas

Tudo estava ocorrendo muito bem a não ser pela drástica mudança climática, os montanhistas estavam muito alegres e confiantes. Faziam fotos e escreviam em seus diários para poder registrar as suas proezas naquelas frias e inóspitas montanhas.

Os esquiadores levantando acampamento na tarde de 2 de Fevereiro de 1959.
Foto recuperada de um rolo de filme encontrado no local após as mortes dos montanhistas.

 

Foto de 4 dos montanhistas sempre demonstrando
felicidade e união

Durante a noite todos se alimentaram e foram descansar para a jornada do dia seguinte.
Depois de algumas horas todos se encontravam em um sono profundo quando algo inesperado e terrível ocorreu.
Todos os expedicionários deixaram suas barracas ao mesmo tempo apavorados, o pavor do grupo foi demasiado a ponto deles rasgarem as barracas pelo lado de dentro para facilitar a saída.
Sem motivo aparente o grupo de montanhistas abandonou todo o material de alpinismo e abrigos de frio para trás dentro de suas barracas, estavam tão desesperados que também não se preocuparam em colocar as botas o que fez com que eles corressem descalços pela neve causando assim a hipotermia e posteriormente a morte de todos os integrantes da expedição.

Quando as autoridades locais chegaram ao local do ocorrido deram inicio rapidamente a uma detalhada apuração dos fatos.
Ficou constatado que os montanhistas abandonaram o local rapidamente saindo somente com a roupa do corpo, até mesmo as roupas de frio mais pesadas e suas botas foram abandonadas.
Algo muito assustador haveria de ter acontecido para um grupo de experientes montanhistas saírem correndo todos juntos e descalços no meio da noite em uma montanha nevada e com temperaturas abaixo de -30º C.
A questão que os investigadores não sabem responder é o que levaria eles a tomarem desesperada ou até mesmo delirante atitude tendo em vista que eles sabiam que não iriam suportar as condições que se encontrariam após a fuga desesperada pela neve.

Apesar da causa da morte de todos os 9 montanhistas ter sido a hipotermia o corpo de muitos deles apresentava fraturas internas muito estranhas e um deles inclusive estava sem a língua e algumas costelas quebradas.
Outro fato misterioso foi de que os nove tinham seus corpos, como queimados por algo inexplicável e apresentavam uma coloração cor de laranja muito forte e alguns deles estavam, inclusive, com envelhecimento acentuado precoce.
O que aconteceu com o grupo de montanhistas que pareciam estar tão contentes em sua Expedição?
Ainda hoje as autoridades buscam resposta para o ocorrido, algumas testemunhas que moravam próximas da região montanhosa afirmaram que na noite do ocorrido uma luz prateada ficou pairando nas montanhas, mas, os moradores não souberam identificar o estranho objeto voador.
Nas roupas utilizadas pelos montanhistas foi detectada uma quantidade relevante de radiação, todos esses fatos fizeram com que o insólito caso ficasse ainda mais intrigante.

Demorou aproximadamente 2 meses para encontrar os corpos dos últimos 4 esquiadores sob 4 metros de neve em um vale profundo na floresta.
Três deles tiveram ferimento fatais, como danos significativos ao crânio e costelas fraturadas.
Um perito médico citou que a força necessária para causar tais danos ao corpo seria o mesmo que em um acidente de carro.
O teria uma força tão fantástica para matar os esquiadores dessar forma?

Moradores locais relataram que em uma certa noite ouviram sons estranhos na região, incluindo gritos e também viram luzes estranhas (como bolas brilhantes), sendo que permaneceram sem energia elétrica durante toda a noite.
Misteriosamente as autoridades soviéticas da época posteriormente proibiram o acesso ao local do ocorrido fazendo com que diversas teorias alimentassem a imaginação até dos mais céticos.

Foto da homenagem feito aos 9 montanhistas encontrados mortos de forma misteriosa

Em 1990 os documentos referentes ao caso foram abertos ao publico, mas, estava claro que partes dos documentos estavam faltando, o que levou a acreditar que foram retirados pelas autoridades antes que pudessem vir a publico.

Foto do último acampamento dos montanhistas

 


Corpos de alguns dos montanhistas quando encontrados

 

O que realmente teria acontecido com o grupo de montanhistas?
Dizem que através de contatos mediúnicos, obteve-se a informação de que seres extraterrestres fizeram experimentos com os pobres montanhistas.
A verdade é que o fato continua sendo um mistério para a ciência e autoridades até os dias de hoje.