BRAD DAVIS


 

Ator

[06 / 11 / 1949 <==> 08 / 09 / 1991]

Brad Davis, nome artístico de Robert Creel Davis, foi um ator Norte Americano, ganhador de um Globo de Ouro de melhor ator (revelação) por sua atuação do filme "Midnight Express (O Expresso da Meia Noite)" de 1978.

Brad Davis nasceu em Tallahassee, Flórida, filho de Eugene Davis, um dentista cuja carreira declinou devido ao alcoolismo, e sua esposa, Anne Creel.
Seu irmão Gene é também ator.
Segundo um artigo publicado no The New York Times em 1987, Davis afirma ter sofrido violência física e abuso sexual nas mãos de ambos os pais.
Já adulto, era alcoólatra e usuário de drogas por via intravenosa.
Tornou-se sóbrio em 1981.
Davis era conhecido como "Bobby" durante sua juventude, mas adotou Brad como seu nome artístico em 1973.

Aos 17, após vencer um concurso de talentos musicais, Davis trabalhou no Teatro Atlanta.
Mais tarde, mudou-se para Nova Iorque e frequentou a Academia Americana de Artes Dramáticas, bem como estudou teatro no American Place Theater.
Depois de fazer um papel na novela "Como sobreviver a um casamento", atuou em peças na off-Broadway.
Em 1976, foi escalado para interpretar um pretendente de Sally Field no filme para televisão Sybil.
Desempenhou o papel principal na peça de Larry Kramer sobre Aids, no filme The Normal Heart (1985).
Teve seu maior sucesso em um filme vivendo o personagem principal Billy Hayes em Midnight Express (O Expresso da Meia Noite) (1978), pelo qual ganhou o Globo de Ouro de Melhor Filme Acting Debut - Masculino.

Também foi indicado a um prêmio semelhante naquele mesmo ano no BAFTA, além de receber indicações de Melhor Ator em ambas as cerimônias.
Davis foi casado com Susan Bluestein Davis, que mais tarde tornou-se uma vencedora do Emmy Award como melhor diretora de elenco.
Eles tiveram uma filha, Alexandra.
Com diagnóstico de AIDS em 1985, Davis manteve sua condição em sigilo até pouco antes de sua morte.
Embora fora anunciado que ele morreu de Aids em 1991 em Los Angeles, na verdade ele morreu de uma overdose intencional de drogas.
Em um hospital, perto da morte e com dores severas, ele optou por voltar para casa e terminar a sua vida através dos seus próprios meios.

Com sua esposa e um amigo da família presentes, ele cometeu suicídio assistido.
Sua esposa continua a campanha de combate à AIDS.
Davis foi referido como "o primeiro ator heterossexual a morrer de AIDS", embora tenha sido dito como bissexual, uma afirmação contestada por sua esposa, em seu livro.
Quando perguntado se ele se considerava bissexual, ele respondeu "alguém uma vez não disse que, lá no fundo, todos somos bissexuais? "

Brad Davis morreu em 08/09/1991 em sua casa em Los Angeles, com 41 anos de idade devido à Overdose Intencional de Drogas.

Laços Familiares:

Pais:
Eugene Davis;
Anne Creel.

Esposa: Susan Bluestein Davis.

Causa da Morte: Overdose Intencional de Drogas.

Sepultamento: Forest Lawn Memorial Park.
Glendale - Los Angeles - California - EUA.
Local: Great Mausoleum, Sanctuary of Trus.

Coordenadas GPS (Latitude / Longitude):
[34° 8'48.49"N, 118°19'23.20"W]

[Clique nas Coordenadas acima para acessá-las no Google Maps!]


Brad Davis


Brad Davis


Brad Davis em cena do filme "O Expresso da Meia Noite"


Cartaz do filme "O Expresso da Meia Noite"



Sepultura de Brad Davis


Sepultura de Brad Davis


Forest Lawn Cemetery (onde está sepultado Brad Davis)

 

Filmografia:

Brad Davis


Explore o mundo todo em 3D
com riqueza de detalhes.

Google Earth



www.alemdaimaginacao.com
assombracoes@gmail.com