RITCHIE VALENS


 

Cantor / Compositor

[13 / 05 / 1941 <==> 03 / 02 / 1959]

Ricardo Esteban Valenzuela Reyes, mais conhecido como Ritchie Valens foi um músico descendente de mexicanos, o qual nasceu em uma comunidade hispânica em Pacoima (Vale de São Fernando), no subúrbio de Los Angeles, Califórnia, Estados Unidos.

Seu pai era um devoto da música flamenco e blues e incutiu o seu amor pela música de Ritchie.
Na idade de 11 ele começou a tocar guitarra e levou com ele todos os lugares.
Durante o almoço na escola, ele se sentava na arquibancada e práticas ou entreter seus amigos com sua música.
Quando ele entrou no colegial ele já era um músico e tocava frequentemente em reuniões escolares e depois de festas da escola.
Ficou famoso interpretando músicas de rock.
Seu grande sucesso foi a canção "La Bamba", que mais tarde nomearia um filme sobre sua vida, e também sendo regravada futuramente pelo grupo Los Lobos.
Durante a chamada Era Rockabilly, a carreira de Ritchie Valens estava em ascendência.

Depois de uma apresentação no dia 2 de Fevereiro de 1959 no Surf Ballroom em Clear Lake, Iowa, Ritchie Valens e seu grupo resolveram aproveitar uma carona no avião Beechcraft Bonanza B35 (V-tail), prefixo N3794N, que pertencia a um amigo de Buddy Holly.
O último lugar disponível foi disputado por cara-ou-coroa e ganho por Ritchie Valens.
O avião deixou o aeroporto da cidade de Mason por volta da 1h de 3 de fevereiro de 1959, em direção a Moorhead, Minnesotta.
Os músicos queriam um descanso da cansativa e gelada viagem de ônibus pelo interior dos Estados Unidos.
O piloto não tinha experiência em voar com instrumentos e não soube se orientar com o mau tempo, fazendo com que o avião caísse em um milharal de Albet Juhl [Coordenadas GPS: Latitude / Longitude = 43°13'11.95"N, 93°23'0.17"W], algumas milhas depois da decolagem, às 1h05 da manhã, já no dia 03/02/1959.

O avião, pilotado por Roger Peterson, 21 - um piloto local que trabalhou para Dwyer Flying Service em Mason City, Iowa - explodiu arremessando os corpos dos ocupantes a dezenas de metros.
Valens, Holly, Richardson e o piloto Roger Peterson morreram instantaneamente.

Esse incidente ficou conhecido como "o dia em que a música morreu", retratado posteriormente na canção American Pie, de Don McLean.
O roqueiro brasileiro Raul Seixas preferiu dizer que o dia 3 de fevereiro de 1959 foi "o dia em que o rock bateu as botas".
Com tal afirmação, Seixas sugeria que a morte precoce dos músicos deixou o rock sem uma possível significativa contribuição, que poderia influenciar tudo o que é hoje conhecido acerca deste estilo musical.
Ritchie Valens, durante sua breve carreira, produziu dois álbuns.
Quando se interessou pelo rock, Valens já possuía uma base musical sedimentada no pop, no jazz e na música folclórica mexicana, apesar de não falar bem a língua espanhola.

Ao completar 15 anos, Ritchie Valens comprou sua primeira guitarra e, em 1957, já com 16 anos, formou uma banda chamada Satellites, formada por dois negros, um americano de ascendência mexicana e um de origem japonesa.
Meses depois, Valens foi descoberto por Bob Keane.
Após 60 tentativas (como descritas no filme La Bamba) conseguiu chegar ao take definitivo de "Come On Let's Go" e, assim, chegou às lojas seu primeiro compacto, já com o seu nome artístico.
No segundo semestre de 1958, sua carreira tomou um grande impulso quando participou do filme Go Johnny Go e logo depois produziu seus dois grandes hits: "Donna", uma balada romântica que fizera para uma paixão de colégio (que alcançou o segundo lugar nas paradas norte-americanas), e "La Bamba", música que foi baseada em uma canção folclórica mexicana, de mesmo nome, a qua Valens tomou a decisão de gravá-la após cruzar a fronteira e dar um passeio em Tijuana.

Outras baladas que fizeram deste jovem artista conhecido no cenário musical "Ooh! My Head" e o cover de "We Belong Together", que chegaram às mais altas paradas de sucesso dos Estados Unidos.
Após sua morte em um acidente de avião, pouco do material inédito disponível de Valens foi lançado em disco.
Em 1987, um filme biográfico de sua vida e os tempos, intitulada "La Bamba" foi lançado e foi um sucesso em todo o mundo.
Em 1990 ele recebeu uma estrela no Hollywood Walk of Fame e em 2001 ele foi introduzido no Rock and Roll Hall of Fame.

Laços Familiares:
Concepcion Reyes Valenzuela (1915 - 1987).

Causa da Morte: Ritchie Valens morreu em 03/02/1959 com 17 anos de idade, vítima de ferimentos diversos provocados por queda de aeronave seguida de explosão.

Sepultamento:
Cemitério de San Fernando.
Mission Hills - Los Angeles County - California - EUA. Sinopse: Seção C, Lote 248, Grave

Local: Seção C, Lote 248, Sepultura 2..

Coordenadas GPS (Latitude / Longitude):
[34°16'27.12"N / 118°27'57.06"W]

[Clique nas Coordenadas acima para acessá-las no Google Maps!]

____________________________________________________________

Nota: [Zelamos pela qualidade e precisão das informações contidas nas Mini Biográfias publicadas, no entanto falhas podem ocorrer, sendo que neste caso solicitamos que possíveis erros existentes nessa Mini Biografia, bem como para complementar informações e dados que possam melhorar o artigo, sejam comunicados através do e-mail: assombracoes@gmail.com].
____________________________________________________________

 


Ritchie Valens


Ritchie Valens


Ritchie Valens


Pôster do Filme "La Bamba" com Lou Diamond Phillips


Local do Acidente onde Morreram Ritchie Valens
e os integrantes de sua banda


Local do Acidente onde Morreram Ritchie Valens
e os integrantes de sua banda


Local do Acidente onde Morreram Ritchie Valens
e os integrantes de sua banda



Vítimas Fatais do Acidente Aéreo


Túmulo de Ritchie Valens

 


Túmulo de Ritchie Valens

 


Homenagem de Fãs no local onde o avião que transportava Buddy Holly, Richie Valens and Jiles "The Big Bopper" Richardson caiu
[Coordenadas GPS: Latitude / Longitude:
43°13'11.95"N, 93°23'0.17"W]



Trabalhos:

Ritchie Valens

 



Explore o mundo todo em 3D
com riqueza de detalhes
Google Earth


@alemdaim

www.alemdaimaginacao.com
assombracoes@gmail.com